Kamis, 26 Desember 2013

! BLOG DA HELENA - Contos e Poesias Eróticas: Desejo Inevitável

! BLOG DA HELENA - Contos e Poesias Eróticas: Desejo Inevitável: por Lena Lopez  Há dias em nossas vidas que o desejo surge de forma inevitável e essas horas, tornam-se irremissíveis. Sentada em um ...

Desejo Inevitável

por Lena Lopez 

Há dias em nossas vidas que o desejo surge de forma inevitável e essas horas, tornam-se irremissíveis.
Sentada em um canto, ela sentia um estado de torpor latente, resistia ao desejo que consumia o seu ser, mas sabia que não poderia retroceder. Sentia-se febril, uma vontade louca secava-lhe a boca e mesmo que resistisse aos caprichos da sua alma, ela a desejava insaciavelmente.
Desde o dia do oráculo, quando recebeu sua sina e seu fado tornou-se incessante em seu corpo, tornou-se lasciva. Não descansava um segundo com seus pensamentos profanos e aquela noite, era mais uma daquelas, nas quais não dormiria sem satisfazer suas vontades.
Os olhos no teto, o corpo encolhido no canto, o pensamento dando voltas e não a deixando em paz. Um desejo latente fazia suas carnes tremerem, mais ainda, naquela noite de Dia das Bruxas.
Arrependera-se à tempos, por ter aceitado receber seu destino, mas havia jurado e haveria de honrar o juramento até sua morte ou, até o dia que pudesse quebrar o encanto e passar o seu fado para uma outra. Seria assim, uma criatura vazia, capaz de enfeitiçar quem ousasse olhar para ela, capaz encantar os olhares com a sua beleza diurna e apavorar qualquer um com sua feiura noturna. 
As noites para ela eram verdadeiras torturas, sua aparência dantesca não a possibilitavam satisfazer seus desejos e escondia-se nas sombras da noite, à espera do dia. Sabia como quebrar o encanto da noite, mas precisava criar coragem e sair, a fim de encontrá-la.


Leia o original: ! BLOG DA HELENA - Contos e Poesias Eróticas: Desejo Inevitável http://www.lenalopezblog.com/2013/10/desejo-inevitavel.html#ixzz2och7GXxh
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

2 komentar: